Empresa

A WaveTech iniciou suas atividades  em 2012 como empresa de engenharia de aparelho auditivo sendo uma das empresas de tecnologia escolhidas para fazer parte do Centro Empresarial para Laboração de Tecnologias Avançadas (CELTA) em Florianópolis-SC.

Nesta fase, em que a WaveTech assumiu a gestão do desenvolvimento do primeiro CHIP digital de aparelho auditivo do Brasil, começou então a interagir com o Ministério da Saúde para algumas questões técnicas de saúde auditiva, colhendo informações e aumentando sua percepção de mercado.

Participa do grupo CB26 da ABNT  para o desenvolvimento das normas  para a regulação dos aparelhos auditivos, e ministrou diversas palestras na UFSC sobre aparelhos auditivos e implantes cocleares.

A WaveTech desenvolveu e implementou os algoritmos para aparelhos auditivos usando “Digital Signal Processor” (DSPs)  de plataforma aberta, também desenvolveu o software de fonoaudiologia “WaveFit” para configurar e interagir com os aparelho auditivos da WaveTech.

Em 2013, Durante o evento “Diagnóstico MAC CELTA”, recebeu prêmio da melhor empresa Incubadora no CELTA em fase de desenvolvimento.

Foi uma das 14 empresas selecionadas para o programa SEBRAE / Nova Economia.

Participou ativamente do EIPA-2013, “Encontro Internacional Sobre Próteses Auditivas”.

Ainda em 2013, recebeu aporte financeiro do governo do estado (FAPESC) para desenvolver  a matriz de injeção de plástico das cápsulas dos seus aparelhos auditivos.

Desenvolveu  uma família de mais de 40 modelos de aparelhos auditivos com enfase  na otimização a linha de produção e  processos de soldagem dos componentes (CHIP, microfones e os demais componentes mecânicos).

Em 2014 lançou e disponibilizou gratuitamente um App chamado Woalá que reproduz o comportamento  de  aparelhos auditivos em tempo real.  O objetivo do App é  de facilitar a aceitação da prótese pelos deficientes auditivos e consolidar espaço da empresa como desenvolvedora de tecnologia.  Como resultado, recebeu boas críticas de revista internacional especializada.

Ainda em 2014, depois ter sido classificada na chamada da Finep sobre tecnologias assistivas, recebeu financiamento para pesquisa sobre implantes cocleares, esta pesquisa está ainda em andamento.

Recebeu convite da ABA, Associação Brasileira de Audiologia para ministrar palestras no EIA-2014, Encontro Internacional de Audiologia.

Em 2015 e 2016, concentrou seus esforços em atender aos requisitos da Portaria 2531/14 MS, buscando realizar a indústria brasileira de aparelhos auditivos digitais com tecnologia nacional, através do LAFERGS e em benefício do SUS.

Em 2017 a WaveTech recebeu prêmio CNI das 22 empresas mais inovadoras do Brasil.

Em 2018 recebeu novamente o Premio da melhor empresa incubada no CELTA em fase de implantação.

Atualmente desenvolve uma nova versão para seu software e algoritmos e concentra seus esforços em finalizar sua linha de produção.